Cronologia de Sintra 2014-2019

2014 

JANEIRO
6- Violentos temporais causam estragos no litoral de Sintra.

7-Oitenta anos do Jornal de Sintra
10-Presidência Aberta em Colares.
15-Inaugurado parque fotovoltaico de Alfouvar
17- As cidades e sítios portugueses classificados como património mundial reúnem em Sintra.

17- João Afonso Aguiar apresenta no Café Saudade o seu livro de poemas Ab Initio


20- A CMS mantêm o horário de trabalho semanal nas 35 horas.

23- O restauro do salão nobre do Palácio da Pena, em Sintra, projecto que representou um investimento de 262.500 euros, é inaugurado pelo secretário de Estado da Cultura, Jorge Barreto Xavier. No salão nobre foram reabilitadas infra-estruturas, revisto o pavimento e restaurados revestimentos em madeira e em estuque. Lustres, vitrais, mobiliário e porcelanas também beneficiaram de atenção especializada.

Os trabalhos obrigaram a análises cromáticas em laboratório para se encontrar a cor original das paredes, onde os estuques se apresentavam muito deteriorados, e no exterior das janelas foram colocadas tiras de tecnologia LED, para que os vitrais possam ser observados durante a noite. A opção por iluminação com lâmpadas LED permite reduzir consumos e os riscos de incêndio.

Um sistema inovador de detecção de incêndios, com aspiração contínua do ar (e análise constante dos parâmetros de dióxido de carbono) dispensa o recurso a caixas no tecto. Os revestimentos de paredes e tectos (com estuques lisos e com relevo) foram tratados respeitando as técnicas e materiais originais.

O pavimento sofreu uma intervenção profunda a nível estrutural, superficial e de enquadramento das novas infraestruturas. Para debaixo do soalho foram transferidos todos os cabos que antes estavam nas paredes e os estofos, datados do século XIX, foram recuperados em pele de cabra tingida com corante vermelho natural, a partir de análises a amostras originais no Centro Tecnológico das Indústrias do Couro. As porcelanas asiáticas, do tempo de D. Fernando, também foram também alvo de conservação e restauro.

Segundo a PSML, um dos principais focos do projecto residiu na recuperação das luminárias (lustre e quatro tocheiros empunhados por “Turcos”), que foram completamente desmontados, limpos e apetrechados com lâmpadas especiais. O restauro dos vitrais das janelas incluiu também a recuperação das caixilharias a consolidação das calhas de chumbo, tratamento das fracturas e lacunas cromáticas.


26-Grande Corrida Fim da Europa. Mário Ferreira vencedor.
28- Incêndio na GNR no Palácio da Vila


FEVEREIRO
2-Marés Vivas no litoral de Sintra
5 – Primeira reunião do Conselho Estratégico Empresarial.

9- VII Grande Prémio de Atletismo de Mem Martins
13- “Corpo Mercadoria” com Susana Gaspar vai à cena na Casa de Teatro de Sintra(coprodução Musgo Produção Cultural, Animateatro e Utopia Teatro)


21-A Igreja de São João Degolado, paroquial de Terrugem, e respetivo adro são classificados como Monumento de Interesse Público pela Portaria n.º 143/2014, DR, 2.ª série, n.º 37, de 21-02-2014

DGPC: A igreja de São João Degolado, na Terrugem, teve origem nos primeiros anos do século XVI, altura em que a povoação se terá instituído como sede de paróquia. Apesar das múltiplas alterações ocorridas ao longo dos séculos seguintes, é ainda possível verificar que as partes mais antigas conservadas datam precisamente do período manuelino e concentram-se no ponto fundamental de religiosidade e devoção: a capela-mor. Esta é de secção rectangular e encontra-se coberta por abóbada polinervada de dois tramos, assente lateralmente em mísulas e dotada de chaves decoradas com bocetes.

O arco triunfal mantém igualmente a sua feição original e é um importante elemento para melhor datar o conjunto. De duas arquivoltas profusamente decoradas, assentes em capitéis vegetalistas e em bases multifacetadas, o seu arco é de volta perfeita, o que permite sugerir uma cronologia avançada, provavelmente a rondar as décadas de 20 e 30 do século XVI. Já arco lateral Sul, que abre para um típico alpendre das igrejas da região saloia, é estilisticamente mais incaracterístico. Ele inscreve-se nesta mesma campanha, mas assemelha-se muito ao portal axial da vizinha capela de São Sebastião, de arco quebrado definido por singelas aduelas e sem qualquer decoração.

A falta de um estudo monográfico sobre o edifício dificulta o reconhecimento das muitas fases de construção e de decoração do templo. Tem-se atribuído ao século XVII a torre sineira, o revestimento azulejar do interior da nave e o púlpito, que tem inscrito a data de 1681. Se temos grandes dúvidas em relação à torre sineira, cuja monumentalidade e linguagem estilística se contextualizam melhor com o século XVIII, pensamos que foram mais numerosas e de maior relevância as obras seiscentistas.

O registo superior da fachada principal, com janelão quadrangular, pode inscrever-se nesta fase. No interior, à excepção do retábulo-mor, que é já neoclássico, tudo o resto parece ser do século XVII. A porta de entrada para a capela baptismal, de arco de volta perfeita com chave e impostas ligeiramente salientes, parece ter sido aberta em conexão com o revestimento azulejar das paredes, comprovadamente seiscentistas. Igual cronologia atribuímos ao púlpito e aos dois retábulos que ladeiam o arco triunfal, de estrutura simples, com pano único onde se inscreve largo nicho e coroamento formado por frontão triangular.

Pelo que acabamos de dizer, atribuímos ao século XVIII apenas a torre sineira, originalmente de dois andares, com amplos arcos sineiros de volta perfeita no último registo, que é encimado por fogaréus nos ângulos e desenvolvida terminação bolbosa axial. A seguir ao terramoto de 1755, contam-se vários estragos, mas não é de crer que as obras então executadas tenham adulterado significativamente o templo. No século XIX, a atenção prestada pelos fregueses à sua igreja matriz continuou, datando de 1807 o relógio na face ocidental da torre sineira e de 1824 o retábulo-mor, executado em mármore e de estrutura tripartida, com amplo pano central delimitado por colunas e dotado de nicho onde se inscreve uma tribuna piramidal de andares.

Esta parece ter sido a derradeira obra realizada no templo até ao século XX. Nos inícios da década de 60, o monumento apresentava avançados sinais de ruína, com o telhado da nave em muito mau estado e o alpendre a ameaçar cair. O restauro teve início em 1966 e prolongou-se por dez anos, incidindo as obras principais sobre a substituição integral de tectos e telhado e o arranjo dos exteriores, dotando o adro de um elevado muro, algumas árvores e uma nova definição do cruzeiro fronteiro.

MARÇO
4- 3ª Edição do festival Periferias

23- Assinatura do protocolo que cria o Conselho Estratégico Ambiental.
28- Aprovada pela Assembleia Municipal a reorganização das empresas municipais.

4- Danos na Praia Grande, Adraga e Maçãs devido ao mau tempo.

8-Debate na Casa Mantero promovido pela Alagamares acerca da obra de Fernando Pessoa


11- Inaugurada em Monte Abraão a unidade de saúde familiar Monte da Luz.
12- Presidência Aberta em S. João das Lampas e Terrugem.
13- Colocação online da nova página da CMS na Internet.
22-73ª Noite das Camélias
22- Aprovado o alargamento do Centro Histórico à Estefânea e S. Pedro em mais de 180 hectares.
30- Incêndio num prédio de 12 andares em Monte Abraão
31- Abertura do Espaço Cidadão de Sintra.
31- Extinção da AMES- Agência Municipal de Energia de Sintra.

ABRIL
1-A Parques de Sintra estreia 3 autocarros híbridos
3-Colóquio sobre Raul Lino- 1ª parte

4-Apresentação no Legendary Cafe do livro de Sérgio Luís Carvalho “A última noite em Lisboa”, iniciativa da Alagamares

5- 5 anos da Saloia TV
8-Greve dos trabalhadores municipais da recolha do lixo
19- BES Run Challenge em Sintra

19- Apresentação no Café Saudade do livro de Manuel Gandra “Carvalho Monteiro:Imaginário e Legado


22- Um grupo de funcionários dos SMAS invade a sessão de Câmara

24- Alagamares promove homenagem a Carlos Paredes na Vila Alda


26- Decorre o Festival Corpo, na Quinta da Ribafria
26- Os Reticências apresentam em Rio de Mouro “Como é que eles são?

MAIO
2- Na Casa de Teatro de Sintra vai à cena “A Linguagem das Flores” pelo Chão de Oliva
2- Os Cintrões apresentam na U.R.D.Fontanelas “Desculpa lá, ó Caetano!
2- A byfurcação apresenta “Pedro e Inês” na Quinta da Regaleira”

4- V Grande Prémio de Atletismo de Casal de Cambra
5- Aprovado o Plano de Urbanização da serra da Carregueira
10- Concerto no Centro Cultural Olga Cadaval assinala os 50 anos dos Diamantes Negros

17- Abertura do MU.SA- Museu das Artes de Sintra, no antigo Casinio e Centro de Arte Moderna
17- IV Feira Saloia em S. Pedro de Penaferrim
21-Presidência Aberta em Casal de Cambra
23- 9º Encontro de Alternativas em Sintra
23- 3º Festival Internacional de Teatro do Improviso
25- Eleições para o Parlamento Europeu, em Sintra vence o PS com 30,25%, PSD/CDS obtém 20,59%
28-A Mercedes inaugura um Classic Center na Abrunheira
29- IV Encontro de História de Sintra promovido pela Alagamares no Palácio Valenças

30- Festival Incantus nas igrejas de Sintra.

JUNHO
9-Protestos no Centro de Saúde de Almargem do Bispo contra a falta de médicos
9-Abre um polo alimentar contra a fome no antigo mercado de Mira Sintra
14- Feira Solidária e das Instituições de Massamá
19- Abate da tília centenária no Largo do Palácio da Vila gera protestos
21- Decorre o evento desportivo Running to the Sunset
20- 49º Festival de Sintra


20- Os Ilusionistas vão à cena na Casa de Teatro de Sintra


25- Colóquio Raúl Lino- 2ª parte
27- Festa do Livro e das Tasquinhas em Queluz

JULHO
4-Os Tapafuros apresentam Sonho de Uma Noite de Verão no Parque da Liberdade
11- Os Ilusionistas apresentado no Teatrosfera
15- Carolina Henriques do JOMA é campeã nacional de sub23 de lançamento do peso
17- Feira Quinhentista em S. Pedro 

18- Presidência Aberta em Almargem do Bispo, Pêro Pinheiro e Montelavar
18- Reabrem os centros de saúde de D. Maria, Sabugo e Almargem do Bispo
18- Abre a Loja do Cidadão de Pêro Pinheiro
20- III Grande Prémio de Atletismo de Almargem do Bispo

AGOSTO
9- 2 polacos morrem em acidente no Cabo da Roca, à frente dos filhos
9- Festas de S. Mamede em Janas
13-Arabian Days no Castelo dos Mouros
14- Festas de Colares em honra de N. S. da Assunção
25- Morre aos 83 anos João Francisco Justino, antigo presidente da Câmara

Empresário com uma excelente visão estratégica teve o seu expoente máximo na Galucho-Indústrias Metalomecânicas, o maior fabricante português e um dos mais importantes da Europa de máquinas agrícolas, caixas basculantes e semirreboques para o transporte de máquinas industriais.Destacou-se, ainda, no plano empresarial a sua atividade de sucesso na empresa ELO-Fábrica Nacional de Material Automóvel e na área do imobiliário e da banca.

Presidente da CMS entre 1990 e 1992, foi distinguido em 1980 com a comenda de Mérito Agrícola e Industrial pelo Presidente da República Ramalho Eanes, em 1985 com a Medalha de Mérito Municipal, grau ouro (Sintra) e em 2012 com a Medalha de Mérito Municipal, grau ouro, na classe empresas

28- Festas de S. João Degolado na Terrugem
31- Encerra definitivamente o Museu do Brinquedo


SETEMBRO
5- Festas de N.S. da Natividade em Mem Martins
5- Festas de N. S. da Saúde em S. João das Lampas
11-Festa Setecentista em Queluz
12- Inauguração do Skate Park da Quinta da Barôta

13- Festas de Nossa Senhora do Cabo em S. Pedro
19- 1º Campeonato de Bodyboard do Magoito
20- Reabre o mercado do Cacém, remodelado
23- Sintra Portugal Pro na Praia Grande
25- Criada a associação Sintrenses com Marco Almeida
26- Espetáculo de Videomapping no MU.SA


OUTUBRO
10.000 alunos sem professores em Sintra
2 a 4- XVI Congresso Iberoamericano de Urbanismo no Centro Cultural Olga Cadaval
2- A Alagamares apresenta no MU.SA livro de Filomena Marona Beja “Franceses, Marinheiros e Republicanos…


4- Os Real Companhia actuam no Centro Cultural Olga Cadaval
4- Festival de Estátuas Vivas
Lançada a marca ActiveSintra
4- O Clube de Xadrez de Sintra sagra-se vice-campeão nacional por equipas sub20

4- Estreia na SUS a peça de Ricardo Pereira “A História das Coisas
9- Volta a sair o Jornal da Região, dirigido por Paulo Parracho
10-Presidência Aberta em Agualva e Mira Sintra

15- A Alagamares promove na Casa Mantero a apresentação do livro de Liberto Cruz Felicidade na Austrália


Liberto Cruz nasceu em Sintra, em 1935, e licenciou-se em Filologia Românica, em 1959, na Faculdade de Letras de Lisboa, exercendo a função de professor do ensino secundário até 1966. Entre 1967 e 1968 lecionou Literatura Portuguesa na Universidade de Alta Bretanha, em Rennes, onde, em 1969, criou a cadeira de Literatura Angolana. Entre 1971 e 1973, dirigiu na Universidade de Vincennes, Paris, um curso de Literatura Angolana. Em 1975, foi nomeado conselheiro cultural da Embaixada de Portugal em Paris, cargo que ocupou até 1988, data a partir da qual assumiu a direção da Fundação Oriente. Poeta, romancista, ensaísta, traduziu também Samuel Beckett, Blaise Cendrars, Jean Husson, Robert Pinget, Le Clézio, Duras e Sade. Em 1961, fundou a revista literária Sibila; dirigiu, entre 1964 e 1966, a coleção Poesia e Ensaio da Ulisseia e, entre 1965 e 1966, colaborou na rubrica de crítica literária do Jornal de Letras e Artes. Colaborou nas revistas Poesia Experimental (1964-66) e Hidra (1966-69) e, desde 1971, na revista Colóquio-Letras.
As suas primeiras obras poéticas, Momento, 1956, A Tua Palavra, 1958, Névoa ou Sintaxe, 1959, e Itinerário, 1962, vindas à luz na viragem da década de 50 para a década de 60, refletem um momento de transição na poesia portuguesa, pelo reequacionamento da relação entre a linguagem poética e a realidade. Após as tendências contraditórias de uma poesia de intenção social, na linha do neorrealismo, ou de uma poesia que cultiva a liberdade imaginativa, na senda das experiências surrealistas, assiste-se então a um momento de crescente valorização da linguagem na criação poética, aliada, por vezes, a um experimentalismo, assumido por este autor apenas, e sob o pseudónimo de Álvaro Neto, em Gramática Histórica. Entre essas primeiras obras e Distância (1976) ou Caderno de Encargos (1994), medeia um percurso marcado pela busca de uma cada vez maior contenção imagística e metafórica, mas também discursiva, num itinerário de conquista de uma “sabedoria apaziguadora” (MARTINHO, Fernando J. B., pref. a Caderno de Encargos, 1994).

16-1ª Maratona Fotográfica de Agualva
17-Realiza-se mais uma edição da Feira das Mercês
17-Colóquio Raul Lino- 3ª parte
18- Os Pecado Original lançam novo álbum no Centro Cultural Olga Cadaval
20-Debate sobre Estado do Município-1 ano de mandato
24-Cesária Évora Orquestra actuam no Centro Cultural Olga Cadaval
25- II Festival da Maçã Reineta em Fontanelas
25-Meo Urban Trail
27- António Lamas termina funções na PSML, Manuel Baptista é o novo presidente

29- Colóquio no MU.SA sobre os 500 anos do foral manuelino de Sintra
31-1ª Feira de Artesanato e Esotérica em Queluz

NOVEMBRO
1-Os Oquestrada atuam no Centro Cultural Olga Cadaval com Atlantic Beat Mad’ in Portugal
7- Presidência Aberta na União de Freguesias de Sintra
8- Os Instantâneos apresentam Shuffle no Espaço 2M, em Mem Martins
8- Os Tapafuros apresentam “3×8? Cor! Acção!” no espaço 2M
12- Debate na URCA sobre o Plano da Abrunheira Norte
15-O Utopia Teatro estreia no Centro Cultural Olga Cadaval “Mulher Homem e Coroada”, encenação de Susana Gaspar


15- A peça “Felizmente há Luar” é apresentada pelo ACTIS no Auditório António Silva, no Cacém
19- A Alagamares pronuncia-se contra o estacionamento no Largo do Palácio da Vila
19- A CMS recebe o Prémio de Autarquia +Familiarmente Responsável
20- Três edifícios são evacuados no Cacém por risco de derrocada (na rua de S. Tomé)
20- Missão empresarial de Sintra à Argélia
21- José Cid atua no Centro Cultural Olga Cadaval
22- Sarau no Salão de Galamares promovido pela Alagamares com o Ardecoro, os Sons da Terra e os D. Elvira

22- Carlos Mendes comemora 50 anos de carreira no Centro Cultural Olga Cadaval
24-Sintra adere a projecto visando combater as alterações climáticas, o ClimAdA.PT.LOCAL
25- O antigo autarca de Rio de Mouro, Filipe Santos, é condenado a 3 anos de pena suspensa por peculato
28- Reabertura do mercado de Queluz, após obras
28- Festival da Nova Poesia no MU.SA
29-O espetáculo de marionetas “O Rei vai Nu” é apresentado na Casa de Teatro de Sintra
29- Corrida do Centenário da Aviação Portuguesa, onde alinham mais de mil participantes

DEZEMBRO
2- Sintra adere à rede de municípios contra a violência doméstica
5- Presidência Aberta em Massamá e Monte Abraão
5- Começa o Reino do Natal no Parque da Liberdade

6- O ACTIS apresenta “Felizmente Há Luar” no Salão de Galamares, a convite da Alagamares
7- Lançado o nº2 da revista digital Tritão
8- A Parques de Sintra-Monte da Lua é considerada de novo a melhor do mundo em conservação
9- Sintra começa a utilizar a aplicação do Licenciamento Zero
14- Festival das Artes de Queluz
15- Decorre XIII Mostra de Documentários sobre Direitos Humanos promovida pela Amnistia Internacional- Sintra
26- A Alagamares manifesta-se contra a construção de uma estrutura metálica no Hotel Central, (que vem a ser embargada a 29, mas nunca retirada)
Andrzej Zulawski termina em Sintra as filmagens de “Cosmos”

2015


JANEIRO
4- Apresentação de O Quebra Nozes no Centro Cultural Olga Cadaval
4- Um recluso angolano aparece morto na prisão do Linhó
6- Assinatura do ato de constituição da StartUp Sintra

10- Acidente com o pesqueiro Santa Maria dos Anjos, das Caxinas, na Praia das Maçãs, do qual resultam 5 mortos
13- É recebida em Sintra uma delegação do Sultanato de Oman
15- Recomeçam as tertúlias dos Meninos d’Avó, no Legendary Café


16- FF apresenta-se no Centro Cultural Olga Cadaval
20- As bibliotecas de Sintra são colocadas online
21- Assinado o protocolo para a construção de 4 centros de saúde em Sintra
25- 2300 atletas participam no 25º Grande Prémio Fim da Europa
30- Presidência Aberta em Colares

A Parques de Sintra conclui 8 meses de obras de recuperação de fachadas do Palácio da Pena, nas quais investiu 300.000 euros.

FEVEREIRO
4- Colóquio Nacional Raúl Lino- 4ªparte- em Seteais e no Centro Cultural Olga Cadaval

SONY DSC


8- VIII Grande Prémio de Atletismo de Mem Martins
10- Classificadas diversas árvores no centro histórico de Sintra, iniciativa da Associação de Defesa do Património de Sintra
12- Exibição no MUSA de um documentário sobre a vida e obra de Tomé Barros Queiróz, promovida pela Alagamares


12- Tem início o Cortex- 5º Festival de Curtas de Sintra
13- Vitorino de Almeida apresenta-se no Centro Cultural Olga Cadaval
14-A byfurcação apresenta na Quinta da Regaleira “Os três mosqueteiros”

21- O grupo de teatro Pérola da Adraga apresenta a peça “De Pernas ao Léu” em Almoçageme
21- A Alagamares promove um encontro sobre O Islão e o Ocidente, no MU.SA, na sequência dos atentados contra o Charlie Hebdo, em Paris

21- III Encontro de coros, no museu de Odrinhas (M.A.S.M.O)


21- Exposição de camélias e orquídeas no Palácio da Vila
21- Rita Redshoes apresenta-se no Centro Cultural Olga Cadaval
24- Aprovadas as áreas de reabilitação urbana de Algueirão Mem Martins, Rio de Mouro, Agualva e Queluz-Belas
26- Os Poetas desintegracionistas são tema na habitual tertúlia dos Meninos d’Avó, no Legendary Cafe


28- Homenagem a Rui Belo na casa onde viveu em Monte Abraão


MARÇO
3- 4ª edição do Periferias
4- A Alagamares discute 20 anos de Património Mundial de Sintra, no M.U.S.A


7- Comemorações do 10º aniversário da Alagamares em Galamares

SONY DSC


8- Inauguração duma estátua de Beatriz Ângelo, de Linda de Sousa, no Parque da Liberdade
10- Inauguração do Centro de Interpretação do Castelo dos Mouros

12- Adriano Moreira é orador nas Conferências de Sintra
13- Inauguração da casa da Marioneta, em Agualva

13- Inauguração do Padel Sport Club
14- Início da feira temática mensal Rota d’Artes
21- 8ª Milha Urbana de S. Marcos
21- Noite das Camélias na SUS
23- Inauguração do novo centro de convívio da ARPIMA em Monte Abraão
24- A CMS aprova as contas de 2014, com saldo positivo de 24,5 milhões de euros.


As receitas da autarquia foram de cerca de 161,6 milhões de euros, registando uma diminuição de 10,2 milhões face ao período homólogo de 2013, justificado pelo corte de 10,4 milhões das transferências da Administração Central. A despesa foi de cerca de 123,6 milhões de euros, uma diminuição de 26,9 milhões relativamente ao ano anterior e uma redução mais acentuada na despesa corrente (-15,2 milhões de euros). A despesa relativa às grandes opções do plano foi de 50,5 milhões, registando um decréscimo de 29,6 milhões de euros.
Assim, o prazo médio de pagamentos junto de fornecedores manteve-se reduzido, a dívida a terceiros diminuiu cerca de 10 milhões face ao ano anterior, a autonomia financeira subiu de 75,3% para 79% e a solvabilidade passou de 305% em 2013 para 375% em 2014.


25- Encontro sobre internacionalização da saúde no Centro Cultural Olga Cadaval
26- Tertúlia dos Meninos d’Avó dedicada a Rui Belo, no Legendary Cafe


28- Rui Veloso e The Black Mamba atuam no Centro Cultural Olga Cadaval
28- Feira ActiveSintra na Vila


ABRIL
1-Presidência Aberta em S. João das Lampas e Terrugem
3- Festival do Mexilhão na Praia das Maçãs
11- Lançamento do Guia Templário de Portugal, de Manuel Gandra, no Sintra Magic
19- 34º Grande Prémio de Atletismo do JOMA
21- Inauguração do último troço da conduta adutora entre Alto de Carenque e as Mercês
22-Inauguração de uma biblioteca sobre temas equestres no Palácio de Queluz
29- Presidência Aberta em Algueirão-Mem Martins

MAIO
1-V Feira Saloia de Sintra
1-Abertura dos jardins da Quinta da Ribafria, após limpeza

2-Lançamento no Café Garagem do livro “Histórias com Sintra Dentro” de Fernando Morais Gomes

2- Morte do arquiteto Castro Rodrigues, grande dinamizador das Azenhas do Mar


2- “Frankenstein” é encenado pelo grupo byfurcação na Quinta da Regaleira

5- Apresentação do SintraStart, programa de aceleração da StartUp Sintra
9- Começa o 50º Festival de Sintra

10- A Casa da Cultura de Mira Sintra passa a chamar-se Casa de Cultura Lívio de Morais
12- A CMS aprova que o Centro Kobayashi passe a funcionar no Pavilhão do Japão, no Parque da Liberdade
14- O Espontâneo-Festival do Improviso apresenta-se no Centro Cultural Olga Cadaval
15-Incêndio na fábrica da Fricarnes, em Mem Martins
17-Incêndio na mata de Fitares
20-Presidência Aberta em Casal de Cambra
21-Basílio Horta eleito presidente do Conselho Metropolitano da Área Metropolitana de Lisboa

22- Campeonato do Mundo e da Europa de Freeride, Jetski e Motas de Água, na Praia Grande
22-Festival da Fava, na Várzea de Sintra
24-Festa das Sopas, em Belas
24-Inaugurado o Parque Urbano de Rinchoa-Fitares

26- A CMS aprova Plano de Urbanização da serra da Carregueira
29- Começa o X Encontro de Alternativas em Sintra


30-Começa o 1º de vários Open Day na R. Alfredo Costa, em Sintra
30-Feira Saloia, em Agualva

JUNHO
1- Realização em Queluz do Sintra Viva
3-Inauguração da Unidade de Saúde da Criança e do Adolescente, em Queluz
4-Assinatura de protocolo para a abertura do News Museum no antigo Museu do Brinquedo
5-Sintra presente no Paris Expo Porte de Versailles, no Salão do Imobiliário

10-A Musgo Produção Cultural apresenta Os Lusíadas- A Viagem Infinita, na Quinta da Regaleira


12- Decorrem as Noites Assombradas na Quinta Nova da Assunção, em Belas
14-Reencontros-Memórias Musicais de um Palácio, decorrem no Palácio da Vila
15-Encontro com empresários da Guiné Bissau
15- Assinado um protocolo com a Fundação Kobayashi para a utilização do Pavilhão do Japão
17-Inaugurado o reservatório de Negrais

19-Os Tapafuros apresentam “Almoínhas”, no Parque da Liberdade

19- Começam as tradicionais Festas de S. Pedro

19- Na Casa de Teatro de Sintra apresenta-se Rei Ubu

20- No teatro de Almoçageme vai à cena “Hotel Royal”, pelo grupo cénico Pérola da Adraga

26- Conferência no Centro Cultural Olga Cadaval do comissário europeu Carlos Moedas
26- Decorre a Feira do Livro e das Tasquinhas em Queluz
28-Abertura ao público dos jardins da Quinta Nova da Assunção, em Belas
29-Desfile das Marchas Populares de Sintra na Volta do Duche
30- A CMS abate uma dívida de 28 milhões de euros à Cacempólis


JULHO
4-Ana Bola atua no Centro Cultural Olga Cadaval
11-Concerto lírico de Carlos Guilherme na Quinta da Ribafria

11-Jorge Telles de Menezes apresenta no Jardim do Café o seu livro Suma Uma


12- Decorre o Allianz Sintra Pro na Praia Grande
16-Começa a Feira Quinhentista em S. Pedro
18-Um sismo de 3.2 na escala de Richter é sentido em Lisboa, com epicentro em Monserrate

24- Festas do Mucifal
31-Começam as festas de Nossa Senhora do Cabo, em Belas
31-Inauguração do Centro Mitos e Lendas, no edifício do Turismo, na Vila

A EPAV abre uma residência para alunos nas suas instalações na Sarrazola

AGOSTO

12- Começam as Festas de S. Mamede, em Janas

15- O filme Cosmos, de Andrezej Zulawski, parcialmente rodado em Sintra, vence o Leopardo para a Melhor Realização no festival de Locarno. Produção de Paulo Branco.
26-Começa o Aura Festival
27-Concluído o restauro da sala indiana em Monserrate
27- Inaugurada a Casa de Saúde Santa Rosa de Lima, em Belas
30-Procissão de N. S. da Praia, na Praia das Maçãs

SETEMBRO

4- Festa de Nossa Senhora da Saúde, em S. João das Lampas
12- 3ª Meia Maratona de S. João das Lampas
12-Nilton atua no Centro Cultural Olga Cadaval

12-Visita da Alagamares ao Centro Histórico de Belas
10 a 13-Feira Setecentista de Queluz
14- Realização de uma missão empresarial ao Koweit
19-Feira Saloia em Agualva
22-Incêndio em Albogas

22- Sintra Portugal Pro, na Praia Grande
23- Inaugurado o Gabinete do Património Mundial, na Vila
23- Aprovado o Plano Municipal de Acolhimento de Imigrantes
25- Inauguração das novas instalações da Universidade Sénior de Massamá e Monte Abraão
26- Cambansa Sintra e Bissau, iniciativa da Alagamares e da Única, decorre no M.U.S.A
26- Rui Massena atua no Centro Cultural Olga Cadaval
26- Abertura do percurso pedestre da Vila Sassetti no Castelo dos Mouros

29- Presidência Aberta em Queluz e Belas

OUTUBRO

2- Festas de Almoçageme
3- Decorre o Ciclo Noites de Queluz, Tempestade e Galanterie

3- Festival de Estátuas Vivas, em Sintra
4- Eleições legislativas: em Sintra, o PS obtém 33,18%, a PAF 32,45% e o BE 12,74%
10-Começa o Sintra Press Photo

11-Realiza-se o Rali Portugal Histórico
18- É decidido que o IMI em Sintra baixa para 0,37%

23-A Casa de Teatro de Sintra apresenta “As Criadas”, de Jean Genet, encenação de Paula Pedregal


24- Festival da Maçã Reineta, em Fontanelas
24-Decorre o Meo Urban Trail

NOVEMBRO

5- A Alagamares promove a apresentação no M.U.S.A do livro de Filomena Marona Beja “Um rasto de alfazema”


23- Decorre mais uma edição da Feira das Mercês

29- Tertúlia na Sala da Folha, em Colares, sobre Maria Gabriela Llansol, por Teresa Cadete


DEZEMBRO
3- Começa o Reino do Natal
4- João Rodil lança no MU.SA “Os Dias do Corvo”, apresentação de Luis Filipe Sarmento

6- Os Urban Sketchers promovem a exposição Sintra Desenhada, nos 20 anos da classificação como Património Mundial
6- João Soares, Ministro da Cultura, descerra na Volta do Duche uma placa comemorativa dos 20 anos de Sintra Património da Humanidade

14- A Parques de Sintra-Monte da Lua é pela terceira vez considerada a melhor empresa do mundo em Conservação

20- Jantar de Natal da Alagamares, que homenageia o escritor Luís Filipe Sarmento

25- Um engenho explosivo destrói a caixa ATM junto aos Bombeiros de Almoçageme

2016


JANEIRO
9- Apresentação da Alagamares TV
Concluída a recuperação do Gabinete da Rainha D. Amélia, na Pena
13- A EPAV regista a marca “maçãnata”

18- Exposição de fotografia de Cristina Menezes Alves nos Paços do Concelho

18- Morte da escritora Maria Almira Medina.

Nome  incontornável de poeta, pintora, caricaturista e jornalista, sendo a sua “Menina Girassol” um título hoje incontornável. Foi igualmente directora do Jornal de Sintra.

Maria Almira Pedrosa Medina nasceu em Tavarede, Figueira da Foz, a 29 de Agosto de 1920, mas viveu em Sintra desde os seis anos de idade.

Era licenciada em Filologia Românica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, possuindo também o curso de Ciências Pedagógicas. Quando docente, foi animadora de uma acção de ensino do teatro e da poesia junto de escolas secundárias e coordenadora de jornais escolares impressos, que incentivaram exposições, colóquios e actividades regionais.

Como artista plástica, expõs desde 1943, abrangendo a sua multifacetada actividade a pintura, o desenho, a cerâmica, a ilustração, o desenho animado, a caricatura, a trapologia, a joalharia, os têxteis, a publicidade e o estilismo.

Fez a sua primeira exposição colectiva em Sintra – “I Exposição dos Artistas Sintrenses” (1943) – e a sua primeira exposição individual em Lisboa, na Galeria “Stop” (1945), tendo depois exposto em vários locais, desde a sua terra natal, Figueira da Foz, até à sua terra de adopção, Sintra.

Nas exposições que realizou, ao longo de mais de 65 anos, passou pelas localidades de Albufeira, Estoril, Coimbra, Lisboa, Oeiras, Oliveira de Azeméis, Porto, Porto de Mós, Vimeiro e ainda a Ilha de Jersey (Grã-Bretanha), entre vários outros locais.

Maria Almira Medina conta ainda no seu curriculum com diversas colaborações em vários jornais, revistas e livros escolares, alternando textos com ilustrações. A autora conta com seis livros publicados, estando a sua obra presente em várias antologias poéticas.

Foi membro da Associação de Jornalistas e Homens de Letras do Porto, Associação dos Amigos de Ferreira de Castro, Associação Portuguesa de Educação pela Arte, Associação Cultural Sol XXI, sendo actualmente membro da Associação de Escritores, Instituto de Sintra e cooperadora da Sociedade Portuguesa de Autores.

Ao longo da sua extensa carreira, Maria Almira Medina granjeou vários prémios e distinções, o primeiro dos quais em 1948 – 1º Prémio no “Concurso de Caricatura da Gente da Rádio”, promovido pela Casa do Pessoal da Emissora Nacional, em 2009 foi homenageada pela Câmara Municipal da Figueira da Foz (em simultâneo com uma homenagem a seu pai, António Medina Júnior).

Ver video abaixo.

É anunciado que em 2015 os monumentos geridos pela Parques de Sintra tiveram 2.233.594 visitantes
26- A CMS aprova o Plano de Pormenor da Praia Grande

28-100 anos do nascimento de Virgílio Ferreira


31- Decorre mais uma edição da Corrida Fim da Europa

FEVEREIRO

2- O grupo tailandês Minor adquire os hotéis do grupo Tivoli, entre os quais, o de Seteais
5- Os Instantâneos apresentam-se no Centro Cultural Olga Cadaval
12-Sebastião Antunes atua no Centro Cultural Olga Cadaval
14- Realizam-se os Serões Musicais no Palácio da Pena
18- Começa a 6ª Edição do Cortex- Festival de Curtas Metragens de Sintra

28- Um morto, é o resultado de um assalto ao supermercado Modelo, de Lourel

MARÇO
3- 5ª Edição do Periferias
8- Geminação de Sintra com a cidade francesa de Fontainebleau
10- A empresa Restelo Azul compra o Hotel Netto por 1 milhão de euros

17-A Alagamares promove uma tertúlia no M.U.S.A com o escritor João Melo


19- Noite das Camélias, que este ano assinala 75 anos

25- 3º Festival do Mexilhão, na Praia das Maçãs
29- Sintra assina em Nova Iorque a Declaração das Cidades Inclusivas
31- Richard Zimler é o convidado numa tertúlia da Alagamares, no Hotel Boutique, na Vila


ABRIL
13- É inaugurada a Loja do Cidadão do Cacém

17-Eduardo Grilo, da Casa do Benfica de Mem Martins, morre durante uma prova de atletismo em Queluz
21- Primeira edição da Ofensiva Amada, um projecto da MUSGO e da Alagamares, com apresentação mensal no Centro Cultural Olga Cadaval

25-Inauguração do News Museum, no antigo Museu do Brinquedo,com a presença de Marcelo Rebelo de Sousa

28-Decorre mais uma edição do Espontâneo- Festival Internacional do Improviso


MAIO
10- Assinado um protocolo de cooperação de Sintra com a província chinesa de Guangdong
11- Assinado pela CMS um contrato programa com o Ministério da Saúde para a construção de 4 centros de saúde

12- Festival de Teatro de Tema Clássico, no museu de Odrinhas (M.A.S.M.O)
12- O 51º Festival de Sintra abre com Michael Nyman

14-Na Sociedade União Sintrense vai à cena “A noite chega cedo


19- A Ofensiva Amada assinala o fim do Utopia Teatro com uma Funeral Party e um espetáculo no Centro Cultural Olga Cadaval


23- É inaugurado um campo de treinos na Escola Nacional de Bombeiros, em Ranholas

25- Discute-se a exploração de gás e petróleo numa sessão promovida no Clube Recreativo da Praia das Maçãs


27- Começa o 11º Encontro de Alternativas

28- Uma sessão no M.U.S.A assinala o fim das atividades do Utopia Teatro

JUNHO
1-O Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa visita a Base Aérea de Sintra
2-É inaugurado o novo arquivo intermédio de Lourel

3-Decorre mais uma edição da Liga Moche na Praia Grande
8- Feira Medieval na Terrugem

11-Realiza-se o espetáculo Benefit Party, na Praia das Maçãs


12- Decorre o III Grande Prémio de Atletismo de Queluz e Belas Manuel Faria
26- Marcelo Rebelo de Sousa visita os Bombeiros Voluntários de Sintra

29- É inaugurado o parque urbano da Quinta da Fidalga
29- Entra em funcionamento a plataforma de gestão de licenciamentos Sintra Online
29- O Encontro de Culturas, na Quinta da Ribafria, reúne cidades geminadas com Sintra

JULHO

10- Sintra celebra com alegria a conquista do Europeu de Futebol, em França

14- Começa mais uma edição da Feira Quinhentista, em S. Pedro

22- Festas do Mucifal
23-Inauguradas as novas instalações do Moto Clube de Sintra, em S.Pedro

27-Incêndio florestal no Linhó

27-Fundação do Núcleo de Sintra do SCP (escritura)

29- Festa de Inauguração do Núcleo de Sintra do SCP, na Portela de Sintra

AGOSTO

5- Festas de S. Lourenço, das Azenhas do Mar

12- Festas de S. Mamede, em Janas
18- Decorre a edição anual do Aura Festival

27- O Corcunda de Notre Dâme é apresentado na Quinta da Regaleira, pela byfurcação

28- Procissão de Nossa Senhora da Praia, na Praia das Maçãs

29- Otelo, pela byfurcação, na Quinta da Regaleira

31- Os Lusíadas-Viagem Infinita vão à cena na Quinta da Regaleira, com encenação da Musgo-Produção Cultural

SETEMBRO
3-Os monumentos de Sintra passam a ter entrada gratuita ao domingo

8- Festa de Nossa Senhora da Natividade em Mem Martins

8-Feira Setecentista em Queluz


9- “Europa! Europa!” peça de Miguel Real e Filomena Oliveira, encenada na Quinta da Ribafria

10- 1ª Mostra de Veículos Clássicos dos Bombeiros, na Vila de Sintra

11-Exposição de cães S. Bernardo na Portela de Sintra

13-Decorre o Sintra Portugal Pro em Bodyboard, na Praia Grande

17-Mercado árabe no Castelo dos Mouros

18- D. Quixote, pelo Teatro Reflexo, vai à cena no Centro Cultural Olga Cadaval

19- O Teatrosfera apresenta O Rei vai Nú

25-Festas de Nossa Senhora do Cabo, em despedida de Belas


26- Lançado o portal noticioso Sintra Notícias

26- Os Instantâneos apresentam Improvisadamente no Centro Cultural Olga Cadaval

30-Festa de Nossa Senhora da Graça, Almoçageme

OUTUBRO
1-Festival de Estátuas Vivas

1- Allô, Allô apresenta-se no Centro Cultural Olga Cadaval

4- XXV Mostra de Teatro das Escolas

6- As Aventuras do Capitão Mau Mau, vão à cena no Teatrosfera

7- Crime na Casa Museu, na Casa Museu Leal da Câmara, espetáculo encenado por Michel Simeão

8- Ciclo Tempestade e Galanterie, em Queluz

8- Maria Lurdes Macieira lança aos 92 anos na Casa Mantero “Que cor tem a vida?“. Virá a falecer passados uns dias, a 13


11-Caixa de Pandora apresentam-se no Centro Cultural Olga Cadaval

13- O Muscarium 2 decorre no Auditório António Silva, no Cacém, com produção do teatromosca


14- Começa a funcionar a aplicação Sintra Resolve, para resolução de pequenos problemas no espaço público

14-Feira das Mercês
15-A banda D. Elvira apresenta-se no Centro Cultural Olga Cadaval

16- O espetáculo Books decorre na Casa da Marioneta


19-Sintra adere ao Compromisso Pagamento Pontual

19-Abre o Espaço Cidadão de Rio de Mouro

22- O Sintra Press Photo decorre no M.U.S.A

22-Conferência evocativa dos 50 anos do fogo na serra de Sintra


Início de obras de recuperação nos Capuchos, promovidas pela PSML
25-Aprovado o orçamento da CMS para 2017, no valor de 172 milhões de euros


27- Decorre no Palácio da Vila o V Encontro de História de Sintra promovido pela Alagamares, nos 200 anos do nascimento do rei D. Fernando

 29-Exposição no Palácio da Pena de desenhos de D. Fernando II por ocasião dos 200 anos do seu nascimento

29-Paulo Gonzo atua no Centro Cultural Olga Cadaval

29- Aladino, pela Byfurcação, vai à cena na Quinta da Regaleira

29- IV Festival da Maçã Reineta, em Fontanelas

30- Apresentação do projeto Eixo Verde-Azul

NOVEMBRO

5- Decorre o X Encontro de Bandas Filarmónicas do Concelho de Sintra


10-É assinado o auto de consignação da empreitada da construção do Centro de Saúde de Queluz, no valor de 1 milhão e cento e vinte mil euros mais IVA, a cargo da empresa Lopes & Martins Engenharia Construção e Obras Públicas, Lda

11- Inauguração da Universidade Sénior de S. João das Lampas

12- Evocação dos 500 anos do foral de Colares nos Bombeiros Voluntários de Colares, sendo oradores José Cardim Ribeiro e Maria Teresa Caetano.

12- Os Valdevinos levam à cena no Auditório António Silva no Cacém “Bartolina e os Botões

12- Os Óquestrada atuam no Centro Cultural Olga Cadaval

12-Paulo Brito e Abreu e Filipe Fiúza lançam a obra de poesia Liber Mundi no M.U.S.A.

12-Rogério Moura lança no M.U.S.A a sua obra “Monólogo de um Idiota

16- É inaugurada a obra de requalificação do mercado de Almoçageme

18- O Teatrosfera apresenta a peça “Apeadas”

23- O restaurante Lab by Sergio Arola, da Penha Longa, recebe uma estrela Michelin

27- Morre, com mais de 100 anos, o Barão Bodo von Bruemmer, viticultor da Quinta Casal de S. Maria


30-Marco Almeida anuncia a candidatura à presidência da CMS

DEZEMBRO


1-Começa mais uma edição do Reino do Natal

2-A Parques de Sintra recebe o prémio de Melhor Empresa do Mundo em Conservação


3- O Teatro Tapafuros apresenta A Fada Oriana no Centro Cultural Olga Cadaval

3-Os UHF realizam um espetáculo no Centro Cultural Olga Cadaval

10- A Alagamares organiza no Palácio Valenças um sessão evocativa dos 40 anos das primeiras eleições autárquicas, com representantes de todos os partidos

15- Decorre mais uma Ofensiva Amada no Centro Cultural Olga Cadaval


16- I Encontro de Investidores da Diáspora, em Sintra
21- O Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa inaugura a nova sede da Banda dos Bombeiros Voluntários de Colares

É divulgado que em 2016 os monumentos geridos pela Parques de Sintra alcançam 2,6 milhões de visitas

2017

O teatromosca passa a gerir e programar o AMAS – Auditório Municipal António Silva, no Cacém, uma sala de espetáculos com 188 lugares.


JANEIRO
1- Morre o músico Cláudio Panta Nunes, de Almoçageme, membro do agrupamento musical Os Corvos

6- A Câmara decide ceder por 50 anos terrenos na Cavaleira com 59.500 m2 para a construção de um hospital de proximidade

8-Concerto de Ano Novo no Centro Cultural Olga Cadaval com o Coral Sinfónico Português

10-A PSML e a CMS assinam um protocolo que permitirá a criação de uma equipa de sapadores florestais

10- A CMS e 9 associações de bombeiros assinam protocolos para apoios no valor de 1.150.000 euros

13- Decorre no Centro Cultural Olga de Cadaval o espetáculo de dança contemporânea Remember

14- Concerto dos 50 anos do Grupo Coral de Queluz no Palácio Nacional de Queluz

20- Decorre no Palácio de Queluz a experiência de videomapping Viagem Concerto

22- A Sociedade União Sintrense e a Casa das Cenas promovem o projeto Promover a Cultura de Sintra

29-Diogo Ramalheira e Tânia Fernandes vencem a Corrida do Fim da Europa
31-O PSD anuncia que Marco Almeida será o seu candidato à presidência da CMS


FEVEREIRO
13-PSD e CDS anunciam que terão uma candidatura conjunta a Sintra

16- Os D.A.M.A. atuam no Centro Cultural Olga Cadaval

16- Silvino Rodrigues demite-se da comissão concelhia do CDS/PP
16-O Festival de Curtas Metragens de Sintra, Cortex, é vencido pela curta de Pedro Gonçalves “Onde foi a minha sorte”

24- O Teatrosfera apresenta A Última Viagem de Lenine

MARÇO

1- Começa a 6ª edição do Periferias-Festival Internacional de Artes Performativas de Sintra

3- A Alagamares e o ACTIS apresentam O Doente Imaginário no Salão de Galamares

3- Miguel Gameiro e os Polo Norte atuam no Centro Cultural Olga Cadaval

9- Debate sobre Património no M.U.S.A, promovido pela Alagamares

11-12º aniversário da Alagamares, no Salão de Galamares
17- Inauguração do Espaço Cidadão de Massamá

17- Primeira edição das Conferências das Arribas, na Praia Grande

18-Exposição de Camélias e Orquídeas no Largo da Vila

21- O Conselho de Ministros reúne em Monserrate


24-“Desparaíso” de Paulo Campos dos Reis, vai à cena no Auditório António Silva, no Cacém


24- O Teatrosfera apresenta Apeadas

25- Noite das Camélias

25- A Alagamares convida André Freire para um debate sobre a “Geringonça”

25- A Alagamares e outras associações e cidadãos protestam contra a tentativa do ICNF de abater 1400 árvores na Lagoa Azul, plantando 50 árvores em Monserrate

30-Paulo Moura participa na tertúlia dos Meninos d’Avó

30- O Memorial do Convento, pela Éter Cultural, é apresentado no Centro Cultural Olga Cadaval

31- Marta Gautier apresenta-se no Centro Cultural Olga Cadaval

ABRIL

1-II Encontro Internacional de Narração Oral da Lusofonia
3-Carlos Carujo é anunciado como candidato do BE à CMS

6-Inauguração da musealização da Anta da Agualva

9- Debate no Newsmuseum sobre os 100 anos da Revolução Russa promovido pela Alagamares


13-A CMS suspende o processo de majoração de 9000 IMI’s

13- João Botelho filma cenas de “Peregrinação” na Quinta da Ribafria

19- Inês Sampaio, aluna da Escola Secundária de Santa Maria, morre com pneumonia bilateral

20-O Festival Espontâneo 2017 decorre no Centro Cultural Olga Cadaval

21- Miguel Araújo canta no Centro Cultural Olga Cadaval

25- Inauguração do Parque Urbano da Cavaleira

29- Festival Corpo na Quinta da Ribafria

MAIO

4- Debate em defesa das árvores de Sintra no auditório dos SMAS, promovido pela Alagamares, reúne associações e ativistas locais contra o abate de 1500 árvores proposto pelo ICNF

5-52º Festival de Sintra

9-A CGI cria um Cloud Inovation Center com 150 postos de trabalho

14- O Real Sport Clube sobe à II Divisão

18- Editado o livro “Sintra-Patrimónios”

19- Os Azeitonas atuam no Centro Cultural Olga Cadaval

21- Inaugurada no M.U.S.A a exposição Escrita Íntima” sobre correspondência entre Maria Helena Vieira da Silva e Arpad Szenes

23- Inaugurado o relvado sintético do Sporting de Lourel

26- José Sequeira reeleito presidente do Sintrense

26-12º Encontro de Alternativas em Sintra, na Quinta da Ribafria

27- Anselmo Ralph atua no Centro Cultural Olga Cadaval

27- Festival do Morango, no mercado da Estefânea

JUNHO

1- Inaugurado o Starlab, Incubadora de Emprego da Fábrica do Empreendedor, no mercado de Agualva

2- Estreia “Peregrinação” na Quinta da Regaleira, pelos Tapafuros

3- Estreia a Freira Endiabrada, dos Cintrões, grupo de teatro do Centro de Cultura e Desporto da CMS, em Rio de Mouro. A 10 irá a Galamares e a 17 a Fontanelas

4-O Real Sport Clube vence o Campeonato Nacional de Séniores

5- Inaugurado o Jardim Botânico do Palácio de Queluz

6- “A Casa de Bernarda Alba” vai à cena no Parque da Liberdade, encenada pela Byfurcação

8- Carlos Otero fala dos grandes músicos no Café Garagem, numa iniciativa da Alagamares

9-A Byfurcação apresenta O Principezinho no Parque da Liberdade

9-Rodrigo Leão e Scott Mathew atuam no Centro Cultural Olga Cadaval

10- Na Sociedade União Sintrense é apresentada a peça “A Física do Tempo”

12- É celebrado um protocolo com o Ministério da Justiça para instalar o Tribunal Administrativo e Fiscal de Sintra na Quinta da Fidalga

15- Inauguração do miradouro de Monte Abraão

24- Decorre mais um festival Ai a Dança!

JULHO

1-Inaugurado o novo relvado da União Mucifalense

6-Abre em Sintra o espaço de cowork Chalet 12

13- Feira Quinhentista em S. Pedro

14-Sintra Portugal Pro na Praia Grande

20-A Musgo Produção Cultural apresenta Húmus

21- Festas do Mucifal

21-Festival do Leitão de Negrais

29- Festas anuais de Galamares, no recinto da escola primária

30- Primeiro aniversário do Núcleo de Sintra do SCP

AGOSTO

5- Festas das Azenhas do Mar

10- 3º Festival Aura

12- Festas de Janas (S.Mamede)

27- Festas de Nossa Senhora da Praia

SETEMBRO

2-Festival de Bodyboard no Magoito

3- As Azenhas do Mar são finalistas no concurso das 7 Maravilhas de Portugal (aldeias)

5- Inaugurado novo edifício dos SMAS na Portela de Sintra

8-Empresários turísticos interpõe uma providencia cautelar no TAF contra o novo Regulamento de transporte turístico de Sintra

9-4ª Meia Maratona de S. João das Lampas

13-Sintra Portugal Pro

14- Feira Setecentista

18-“As canções de Leonard Cohen” no Centro Cultural Olga Cadaval

23- Lançamento do livro de F. Hermínio Santos “Instituições Desaparecidas de Sintra

27- Noites de Queluz

OUTUBRO

1-Eleições autárquicas. Basílio Horta PS reeleito, Sérgio Sousa Pinto presidente da Assembleia Municipal. Vereadores: Rui Pereira, Domingos Quintas, Piedade Mendes, Eduardo Quinta Nova, Ana Duarte,(PS) Pedro Ventura,(CDU) Marco Almeida, Paulo Veríssimo, Paula Simões e Paula Neves (Coligação PSD/CDS)- Presidentes de Junta: UF Sintra-Fernando Pereira; Colares-Pedro Filipe; Algueirão-Mem Martins-Valter Januário; Rio de Mouro-Bruno Parreira; Agualva e Mira Sintra-Carlos Casimiro; Cacém e S. Marcos-Estrela Duarte; Queluz-Belas-Paula Alves; Almargem do Bispo, Pêro Pinheiro e Montelavar-Rui Maximiano; S. João das Lampas e Terrugem -Guilherme Ponce de Leão; Casal de Cambra-Mário Santos; Massamá e Monte Abraão-Pedro Brás.

13- Teatro “A solução é… tu morreres“, no Progresso do Algueirão

13- A Musgo apresenta “O Construtor”, de Jaime Rocha, na Quinta da Regaleira

14- Colóquio As Cidades Repensadas, promovido pela Alagamares no auditório da ES de Santa Maria

20- Feira das Mercês

25- Instalação dos órgãos autárquicos eleitos a 1 de Outubro

17-Slot, teatro do improviso é apresentado no Teatrosfera

29- O Teatro Reflexo apresenta “Mistério no Sotão” no Centro Cultural Olga Cadaval

31-Fernando Pereira celebra 40 anos de carreira com um espetáculo no Centro Cultural Olga Cadaval

NOVEMBRO

10-Musical Pinóquio no Centro Cultural Olga Cadaval

17- O Lisbon and Sintra Film Festival- LEFFEST homenageia Isabelle Hupert. É vencedor (a 24) o filme “Tesnota” do russo Kantemir Balagov

24-Os Tapafuros apresentam A Terceira Miséria

24-É inaugurado o parque infantil do Barrunchal

DEZEMBRO

1-Uma exposição sobre os Cook inaugura em Monserrate

1-O Teatrosfera apresenta Os Piratas

8-Morre a vereadora do PSD Paula Neves

19-Inauguração do Centro de Saúde de Queluz

A CMS adquire o Salão de Galamares à Caixa de Crédito Agrícola por 100.000 euros

2018

JANEIRO

5-É requalificada a Escola Básica de Manique de Cima

7-O Centro Cultural Olga Cadaval recebe Carmina Burana pelo Coral Sinfónico de Portugal

13-Ai a Dança! apresenta no Centro Cultural Olga Cadaval “Grandes Mestres a Dançar”

23-Morre a declamadora e professora Maria Germana Tânger, muitos anos ligada a Sintra e ao seu Festival

26- Sintra cria um Conselho da Cultura

28- Decorre mais uma edição da Corrida Fim da Europa

FEVEREIRO

9- Samuel Úria apresenta “Carga de Ombro” no Centro Cultural Olga Cadaval

15-Festival Internacional do Improviso no Centro Cultural Olga Cadaval

22- Começam as sessões mensais do Poetry Slam, nas bibliotecas de Sintra

23- Festival do Chocolate em Agualva

MARÇO

1-Começa mais uma edição do festival Periferias

2-Sebastião Antunes e Quadrilha atuam no Centro Cultural Olga Cadaval

3- “Escuta aqui o Ladrão” vai à cena no Auditório António Silva, no Cacém

7- O Presidente Marcelo Rebelo de Sousa inaugura a exposição “Agricultores e Pastores da Pré-História” no M.A.S.M.O, em Odrinhas

10-O teatromosca apresenta no âmbito do “Literaturinha”, À Espera de Godot, no A.M. António Silva, no Cacém

12-Aprovado o Plano Municipal de Defesa da Floresta contra Incêndios

24-Noite das Camélias

30- Festival do Mexilhão, na Praia das Maçãs

ABRIL

2-Homenagem no Palácio Valenças a Francisco Costa, nos 30 anos do seu desaparecimento

4-Palestra com Sidónio Pardal sobre requalificação urbana, no Centro Histórico de Sintra

11- O Festival Cortex deste ano dedica uma retrospetiva a Ulrich Seidl

22- Concerto no Palácio de Queluz comemorativo dos 150 anos do nascimento de Viana da Mota

27-Decorre mais uma edição do Festival Corpo, na Quinta da Ribafria

28- Morre o serigrafista e publicitário Filipe Costa

MAIO

10-O M.A.S.M.O recebe o 17º Festival de Teatro Clássico

18- Abre no M.U.S.A a exposição “A Paisagem-Imagem de Sintra

25- Decorre na Quinta da Ribafria a 13ª edição do Encontro de Alternativas em Sintra

JUNHO

2- O Teatro Tapafuros apresenta nos jardins da Biblioteca de Sintra “O Rapaz de Bronze

16- O Teatro União apresenta “Convergências” na Sociedade União Sintrense

17-O Teatrosfera apresenta As velhas da vida airada

29- Basílio Horta inaugura a ciclovia entre Agualva e Massamá

JULHO

1-Decorre no Espaço Teatrosfera o festival Aqui ao Lado

7-A Praia Grande acolhe o Allianz Sintra Pro-4ª Etapa da Liga Meo Surf

13-Os Tapafuros apresentam Cyrano de Bergerac na Quinta da Regaleira

AGOSTO

2-Festival Aura 2018

6- Decorre a Assembleia Geral da Aliança das Paisagens Culturais, em Monserrate

12- Festas de S. Mamede, em Janas

23- A Festa de Nossa Senhora da Praia, na Praia das Maçãs, comemora 125 anos

27- Morre o poeta e escritor Jorge Telles de Menezes, autor de Selenographya em Cynthia, Novelos de Sintra e Suma Uma, entre outras obras

31-O júri do Prémio Ferreira de Castro atribui o 1º Prémio ao livro “Regresso a Kionga” de Mário Silva Carvalho

SETEMBRO

6-53ª edição do Festival de Sintra

10-Mais uma edição do Muscarium no Auditório António Silva

21-Festival Romano In Vino Veritas no Museu de Odrinhas

27- Conferência “Integração- um caminho para a Paz “no M.U.S.A

OUTUBRO

4- 250 anos da Festa de Nossa Senhora da Graça, em Almoçageme

5-O Tapafuros apresenta Nuvens, de Aristófanes, no M.A.S.M.O

10- A Alagamares promove a apresentação no Café Garagem do livro de Sérgio Luís Carvalho “Lisboa Nazi

17- I Encontro da Rede de Saúde Mental de Sintra no Centro Cultural Olga Cadaval

19- Feira das Mercês

25- Conferência “A Comunicação Social na era das redes sociais” na Casa Mantero

26- Congresso Sintra Economia 20/30, no Centro Cultural Olga Cadaval, traz a Sintra Presidente e Primeiro Ministro

29- 4º Festival da Maçã Reineta em Fontanelas

NOVEMBRO

😯 Teatrosfera apresenta Nem o pai morre nem a gente janta

15- LEFFEST em Sintra homenageia Wim Wenders e Wagner Rocha. (Vencedor:The River, de Emir Baigazin)

17-Exposição de David Lynch, “Small Stories” , no M.U.S.A, no âmbito do LEFFEST

30-Exposição na Casa Mantero assinala os 100 anos da I Grande Guerra

30- Rallye das Camélias

DEZEMBRO

12-Inauguradas as novas instalações da Escola Básica do Centro Social e Paroquial de S. João das Lampas

2019

JANEIRO

15-A Igreja da Sagrada Família, ou Igreja do Bairro da Tabaqueira, incluindo o património são classificados como  Monumento de Interesse Público pela Portaria n.º 81/2019, DR, 2ª série, n.º 10, de 15-01-2019

DGPC: Projeto de Jorge Viana (JV) – (1924-2010) -, a Igreja da Sagrada Família (c. 1965) foi edificada num terreno junto ao bairro operário da Tabaqueira, em Albarraque. A implantação aproveitou a topografia do local (plataforma dominante sobre a fábrica e o bairro), e teve em conta a sua ligação com outros equipamentos existentes na sua envolvente (centro cultural, etc.). A igreja tinha a missão de servir de suporte espiritual à relação entre os dois universos que moldavam a alma do novo lugar, a fábrica e o bairro operário, e de esbater as tensões que estes geravam entre si.

No exterior, destacam-se três elementos que caracterizam a igreja: a galeria porticada, que enquadra dois dos seis lados que compõem o adro hexagonal da igreja, pensado por JV como uma zona de convívio para a comunidade, abrigada do sol, chuva ou ventos, funcionando também como extensão da igreja; o grande óculo envidraçado na fachada principal, que adopta o modelo geométrico triangular-hexagonal; e o campanário que, constituindo um prolongamento do pilar do pórtico principal, fica ligado à estrutura.

O acesso ao espaço interior faz-se através de três pórticos. O espaço ocupado pelos fiéis vai beneficiar da geometria hexagonal, de forma a criar uma área para a assembleia que rejeita o esquema organizativo longitudinal tradicional, optando por uma disposição dos bancos tão larga quanto extensa, mas mais próxima, do altar, respondendo, quer ao programa traçado pelo SNIP, quer aos pressupostos resultantes do Concílio Vaticano II (1963).

JV, através de dois alargamentos da base hexagonal, vai criar mais dois espaços transversalmente opostos, comunicantes com a nave, espaços mais reservados, quer pelo pé-direito mais reduzido, quer pela iluminação mais contida. No primeiro dos espaços, situado próximo da entrada, encontram-se o batistério e o confessionário. Com ligação ao espaço litúrgico, junto ao santuário, encontra-se a sacristia, integrada num hexágono menor associado a tardoz ao volume da igreja. No piso inferior situa-se um amplo salão que dividido por um conjunto de painéis, integrados no módulo, permitirão a transformação do espaço, dando origem a várias salas.

O interior da igreja é plasticamente forte, quer pela ampla espacialidade, e diversidade de texturas, quer pelo seu património integrado: azulejaria figurativa, da autoria de Lima de Freitas, O Baptismo de Jesus no rio Jordão, por São João Baptista, e a Sagrada Família, de padronagem e abstratos de Jorge Viana; calçada portuguesa; vidro colorido; peças decorativas, sacrário (Graziela Albino); estatuária (Virgem com o Menino ao Colo, de Maria do Carmo d’Orey, e em colaboração com Graça Costa Cabral, São José Operário); mobiliário diverso: ambão, bancos da assembleia, confessionário, cadeiras, floreiras, candelabro, quer pelo uso da luz solar no interior da igreja, transmitida e filtrada por aberturas de diferentes dimensões, nomeadamente através do enorme óculo envidraçado, formando uma obra de arte geral, de caráter discreto e sóbrio.

A instalação da Fábrica de A Tabaqueira em Albarraque (1962) motivou a construção, de um bairro social e de diversos equipamentos, o pavilhão dos solteiros, o centro comercial, creche e jardim-de-infância, refeitório, centro de saúde, centro cultural e social (demolido), e duma igreja. O primeiro projeto, da autoria do Arq. Vasco Regaleira (1963), inspirado nas igrejas rurais de Sintra, foi recusado, considerando o SNIP que a igreja a construir devia ser um templo “moderno” e adequado a uma liturgia em pleno processo de renovação. O arquiteto selecionado foi Jorge Viana, que recebeu o novo programa em 1964. A igreja da Sagrada Família foi uma das primeiras a concretizar o espírito da reforma litúrgica conciliar. Num rasgo de modernidade de conceção chamava a si própria a missão de servir de suporte espiritual à relação entre o universo laboral e o social que moldavam a alma do novo lugar. Paulo Martins DGPC, 2016

19-Primeira sessão de um grupo de 10 ao longo do ano com Gonçalo M. Tavares na Biblioteca de Sintra

27-Concerto comemorativo dos 500 anos da Paróquia de Nossa Senhora da Purificação, de Montelavar

27-Morre o arquiteto Diogo Lino Pimentel, consultor da Câmara Municipal de Sintra e reformador da arquitetura religiosa

31-Conferência de João Rodil na Casa Mantero, subordinada ao tema “O Sagrado e o Profano

FEVEREIRO

14-Comemorações dos 80 anos do Arquivo Municipal de Sintra

16-Aprovada a taxa turística de dormida em Sintra no valor de 1 euro, a entrar em vigor a 1 de Março

24-Vai à cena em Fontanelas a peça “Daqui fala o morto” pelo grupo Os Cintrões

27-Aprovado o Regulamento de Gestão dos Espaços Verdes do Município de Sintra

MARÇO

1- Edição de 2019 do festival Periferias

1-Baile da Rainha na Sociedade Filarmónica Os Aliados

1-Inaugurado o Parque Infantil da Praia das Maçãs

7-A Musgo Produção Cultural apresenta no Centro Cultural Olga Cadaval Do Outro Lado, o Muro

8- Inauguração de exposição sobre Nadir Afonso no M.U.S.A

12- Sintra distinguida como destino sustentável na Feira de Turismo de Berlim

13-Jornadas Teatro e Território no Centro Cultural Olga Cadaval

16-A Praia Grande recebe a 4ª etapa do Circuito Regional de Surf da Grande Lisboa

23-78ª edição do Baile das Camélias

27-Aprovado o Regulamento de Gestão do Arvoredo do Município de Sintra

30- Apresentação na Casa Mantero da obra póstuma de Jorge Telles Menezes “Poemas do Lar

Ortov sai do escuro pela Musgo Produção Cultural na Quinta da Ribafria. Trailer abaixo

ABRIL

1- Entra em vigor no concelho de Sintra o passe único

3-9ª edição do Cortex

10-Aprovado o Regulamento Municipal do Uso de Fogo e Limpeza de Terrenos

13- Récita no Centro Cultural Olga Cadaval da ópera Viaggiare per il mondo Verdi

27- Festival Corpo na Quinta da Ribafria

27-Exercício de evacuação nas aldeias seguras de Sintra, Eugaria e Gigarós

MAIO

4- Concerto dos Urze de Lume no M.U.S.A

9- 1ª edição do Festival Geo-Graffiti na Praia Grande

10-17ª edição do festival de Teatro Clássico no M.A.S.M.O

11- Festival de Tunas

18- Entrega de diplomas da XXVII Mostra de Teatro nas escolas de Sintra

23- Conversas sem Rede na Casa Mantero evocam vida e obra de Nunes Claro

24-14º Encontro de Alternativas na Quinta da Ribafria

24-Filipe de Fiúza apresenta no M.U.S.A a sua obra Árum- Versus Diabolus

25- O M.U.S.A recebe o lançamento do livro Mantras de Marlene Cavaleira

31-1ª Edição do Festival “Imaginário” na Quinta da Ribafria

JUNHO

Luís Filipe Sarmento lança o livro KNK

Luís Filipe Sarmento nasceu a 12 de Outubro de 1956. Licenciado em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Escritor, Tradutor e Realizador de Televisão. Jornalista, editor, realizador de cinema e vídeo. Professor de Escrita Criativa. Alguns dos seus textos encontram-se traduzidos em inglês, espanhol, francês, italiano, mandarim, japonês, romeno, macedónio, croata e russo. Produziu e realizou a primeira experiência de Videolivro feita em Portugal no programa Acontece para a RTP (Radiotelevisão Portuguesa), durante sete anos. Membro do International P.E.N. Club.Membro da Associação Portuguesa de Escritores. Coordenador Internacional da Organization Mondial de Poétes (1994-1995). Membro do International Comite of World Congress of Poets. Presidente da Associação Ibero-Americana de Escritores (1999-2000). A Idade do Fogo, 1975 Trilogia da Noite, 1978 Nuvens, 1979 Orquestras & Coreografias, 1987 Galeria de um Sonho Intranquilo, 1988 Fim de Paisagem, 1988 Fragmentos de Uma Conversa de Quarto, 1989 Ex posições, 1989 Boca Barroca, 1990 Matinas Laudas Vésperas Completas, 1994 Tinturas Alquímicas, 1995 A Ocultação de Fernando Pessoa, a Desocultação de Pepe Dâmaso, 1997 A Intimidade do Sono, 1998 Crónica da Vida Social dos Ocultistas, 2000, 2007.Gramática das Constelações, 2012.Ser tudo de todas as Maneiras, ensaio e antologia da obra de Fernando Pessoa no Livro/Cd «Mensageiros», Lisboa, 2012.Como Um Mau Filme Americano, 2013, Efeitos de Captura 2015, Repetição da Diferença, 2016, Gabinete de Curiosidades 2017, entre outros  

7- Lançamento de um portal Ambiente pela CMS

7-Rui Pedro Quental do Clube Atlético de Queluz é campeão nacional de Rope Skipping (triplos saltos consecutivos)

8-Teatro na Vila Alda “1904.Inauguração do Elétrico”

9- Festas do Divino Espírito Santo no Penedo

12-Falece o presidente da União de Freguesias de Cacém e S. Marcos, Estrela Duarte. Paulo Adrego substitui-o na presidência.

15- Início do ciclo “Óperas na Rua”

21-Feira do Livro e das Tasquinhas em Queluz

27- Na Casa Mantero e no âmbito das Conversas sem Rede, debate-se o estado do teatro em Sintra

29-Apresentação por Fernando Morais Gomes e João Rodil n’Os Aliados da História de Sintra nos últimos 120 anos

29-Inauguração do Parque Municipal de Pego Longo

30- Descerrado um monumento de homenagem a Jorge Telles de Menezes no Parque da Liberdade

JULHO

2-Acordo de geminação entre Sintra e Goussainville (França)

3-Lançamento do livro de José Pais de Carvalho “O Caixeiro Viajante” na Casa Museu Leal da Câmara

5-Massamá recebe o festival Aqui ao Lado

5-2ª Mostra Internacional de Marionetas, Máscaras e Objetos em Agualva e Mira Sintra

6-Os Maias- Jantar queirosiano e teatro na Quinta do Mont Fleuri, produção da Éter Cultural

6-A Byfurcação apresenta As Aventuras de Huckleberry Finn na Quinta da Ribafria

7- XV BTT na Terrugem

11-A Ofensiva Amada homenageia o poeta Jorge Telles de Menezes

12- Concluída a requalificação do miradouro das Azenhas do Mar

13- FLAK, ex-Rádio Macau, apresenta o seu álbum “Cidade Fantástica” no Centro Cultural Olga Cadaval

14-Yara Gutkin apresenta o CD “Mama” no Centro Cultural Olga Cadaval

18- Feira Quinhentista

22-Inauguração dos centros de Saúde de Sintra, Almargem do Bispo e Agualva

26- Festival do Leitão, em Negrais

AGOSTO

1-5ª edição do Aura

6-Festas de S. Lourenço, nas Azenhas do Mar

12- Festas de S. Mamede, em Janas

21-Festas de Nossa Senhora da Praia, na Praia das Maçãs

24- Festival de Estátuas Vivas, na sua 7ª edição

30-Festas de Nossa Senhora da Saúde em S. João das Lampas

31-15º Campeonato de Bodyboard no Magoito

SETEMBRO

5-Feira Setecentista

6-54ª edição do Festival de Sintra

10-Sintra Portugal Pro na Praia Grande

12- 5ª Edição do Muscarium, no Auditório António Silva

21-Final regional do Poetry Slam na Biblioteca de Sintra

25- III Fórum Empresarial do Atlântico

OUTUBRO

2-“Livrai-me do Mal“, de João Morgado, vence o Prémio Ferreira de Castro

4-Festas em honra de Nossa Senhora da Graça, em Almoçageme

10- Sintra eleita na Croácia no Global Green Destinations Day um dos destinos mais sustentáveis do mundo

10- 4ª edição da Ubucon Europe no Centro Cultural Olga Cadaval

18-Festival de Teatro de Sintra

18- Feira das Mercês

23-Atribuídos os prémios de pintura e escultura D. Fernando II

27-A atleta sintrense Yasmin Rodrigues sagra-se campeã europeia de ginástica acrobática, em Holon, Israel

30-A Musgo Produção Cultural e o teatromosca apresentam Quarenta Mil Quilovátios

NOVEMBRO

1-Festival da Maçã Reineta em Fontanelas

6- A Alagamares e o Chão de Oliva prestam homenagem a Sophia de Mello Breyner na Casa de Teatro de Sintra, nos 100 anos do seu nascimento

8- O Teatrosfera apresenta Mulher é todo o Mundo

15- LEFFEST trás Maria João Pires e Mão Morta a Sintra

16- Encontro de Etnografia Saloia no M.U.S.A e M.A.S.M.O (Odrinhas)

24- Ballon, de Pema Tseden, vence o LEFFEST 2019

26-Atribuição de prémios no M.U.S.A.

A atribuição destes prémios corresponde à realização da XII Edição do Prémio de Ficção Narrativa Ferreira de Castro, da X Edição do Prémio de Poesia Oliva Guerra, da XV Edição do Prémio de Pintura e Escultura de Sintra D. Fernando II e da V Edição do Prémio de Fotografia de Sintra, iniciativas promovidas pela autarquia.

O Prémio Ferreira de Castro de Ficção Narrativa, no valor de 5 mil euros, foi atribuído a João Morgado, pela obra “Livrai-me do Mal” e Menção Honrosa a Nuno de Figueiredo, por “Dicionário Político e Sentimental”.

“A Olho Nu”, de Sofia Teixeira de Moraes, foi a obra distinguida pelo Prémio Oliva Guerra de Poesia, no valor de 5 mil euros e atribuídas as Menções Honrosas a Rodrigo Prista Garcia, por “Coração Míope” e a Rogério Luz, por “Avenida Pasteur”.

A V edição dos Prémios de Fotografia de Sintra distinguiu em primeiro lugar, a obra fotográfica “Monólito Antropocénico”, de Manuela Isabel Casado Pacheco, correspondente ao valor de 2 mil euros, o segundo lugar, no valor de mil e 500 euros, foi atribuído a Ricardo Miguel de Sousa Nunes, por “Destroyed instant film (Blush Pink)” e o terceiro lugar, no valor de mil euros, a Stefano Sabino Martini pela obra fotográfica “Sem título”.

Foram ainda distinguidos com Menções Honrosas: Raquel Filipa Ferreira Cândido pela obra “Sem Título”, Carolina Matias Lino por “As orquídeas voltaram a ter frio” e Maria Isabel Rodrigues Correia por “Sem Título”.

A XV edição do Prémio de Pintura e Escultura de Sintra – D. Fernando II distinguiu João Francisco Feliciano com o prémio de pintura, no valor de 3 mil e 500 euros, pela obra “Sem Título-no mar (para Aylan)”, João Miguel Marante de Oliveira, com o prémio de escultura, no valor de 3 mil e 500 euros, pela obra “Memórias” e Maria Luísa Capela Rodrigues Carvalho com o prémio revelação, no valor de 2 mil e 500 euros, pela obra “Eu sou paisagem em um, em dois, em três”.

As Menções Honrosas em pintura foram atribuídas a Joana Pitta, pela obra “Nome genérico de todas as faixas de terreno”, a Luís Ferreira da Silva, pela obra “Ofensa”, a Nicoleta Sandulescu pela obra “Space” e em escultura a Joana Siquenique Amaro, pela obra “Wavy Green”.

30-Rallye das Camélias

DEZEMBRO

1- Na sequência da deliberação camarária de 24 de setembro, os museus municipais passam a ter entrada gratuita

3-A CMS aprova o novo Plano Diretor Municipal

7-Releituras de Nadir, tema de uma palestra no M.U.S.A

26-Inaugurada a nova unidade de cuidados continuados integrados na Casa do Sagrado Coração de Jesus, em Albarraque

RECOLHA DE FERNANDO MORAIS GOMES

EM ATUALIZAÇÃO PERMANENTE

LIGAÇÕES PARA OUTROS PERÍODOS CRONOLÓGICOS

1880-1910

1911-1926

1927-1945

1946-1960

1961-1974

1975-1989

1990-2001

2002-2013

 2020-ATUALIDADE

Share Button

2 thoughts on “Cronologia de Sintra 2014-2019”

  1. Pingback: Sintra na atualidade- 2020 – Alagamares

  2. Pingback: Cronologia de Sintra-1880-2020. – Alagamares

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top