Sugestões da Alagamares para Junho

Em Junho, a 29,  passam 40 anos da morte de Ferreira de Castro (imagem acima, no antigo Hotel Netto) o celebrado autor de A Selva que escolheu Sintra como última morada, na serra, e a quem em 1973 doou o seu espólio, reunido no museu com o seu nome aberto em 1982. Alguns eventos que sugerimos, ao longo desse mês:

9 de Junho- Casa de Teatro de Sintra

“Novas directrizes em tempo de paz”

O Chão de Oliva – Centro de Difusão Cultural acolhe, no próximo dia 9 de Junho, o espectáculo “Novas directrizes em tempos de paz”, numa produção d’ A Escola da Noite – Grupo de Teatro de Coimbra. A sessão única está agendada para as 21h30, na Casa de Teatro de Sintra.

Peça original do dramaturgo brasileiro Bosco Brasil, a peça remonta ao final da II Guerra Mundial e narra a emigração do judeu polaco Clausewitz para o Rio de Janeiro, em busca de um recomeço de vida. Porém, fica retido no cais pelo oficial da alfândega Segismundo, um antigo polícia carrasco e tem de o convencer a dar-lhe o visto, para conseguir a nacionalidade brasileira.

O espectáculo prima pela estética de «teatro dentro do teatro», com a récita de “A vida é sonho”, de Calderón de la Barca e o autor utiliza a própria arte performativa para reflectir sobre a função do género teatral, independentemente dos tempos onde se enquadra. Com encenação de António Augusto Barros e imagem gráfica e figurinos de Ana Rosa, a interpretação é de Igor Lebreaud e Jorge Loureiro.

Esta parceria surge através da relação já existente entre a Companhia de Teatro de Sintra / Chão de Oliva e A Escola da Noite – Grupo de Teatro de Coimbra, num intercâmbio de acolhimentos que permite, através do cruzamento de experiências artísticas, enriquecer a oferta cultural da programação de ambas estruturas.

timthumb.php

14 e 15 de Junho

cartaz_PA_bambis_benjamins

A partir de 19 de Junho-49º Festival de Sintra

festival-sintra

20, 21 e 22 de Junho às 21h30 | Casa de Teatro de Sintra

 unnamed

Em assombrosa ilusão, reenviados de 1929, uma Companhia de Ilusionistas, perante o olhar incrédulo do público, propõe, numa sessão espírita, a invocação dos “queridos papás” de uma jovem sintrense, herdeira de uma avultada fortuna. Poderá ser essa a grande golpada se os “Espíritos” não entrarem em jogo para baralhar todas as coordenadas.
Do cómico ao burlesco, em reflexão sobre os tempos e num questionar sobre as “grandes ilusões”, fazemos recuar a máquina do tempo até aos loucos anos 20 do século XX.

Com o mote “se todo o mundo é ilusão, tudo é espectáculo!”, preparamos uma “experiência única”, na qual se quebram as barreiras entre público e ilusionistas, misturando o “muito visto” com o “nada visto”: ilusões de golpes de magia e golpes de baú.

2

20, 21 e 22 de Junho

sexta, sábado e domingo  | 21h30
CASA DE TEATRO DE SINTRA
[projecto integrado no programa de acolhimentos do Chão de Oliva 2014]
Rua Veiga da Cunha, 20, 2710-627 Sintra (junto ao MU.SA)
contacto: 21 923 37 19

27 e 28 de Junho

sexta e sábado  | 21h30
SOCIEDADE UNIÃO SINTRENSE
Rua Maria Eugénia Reis Ferreira Navarro, 2710 Sintra (centro histórico)
contacto: 21 923 21 99

25 de Junho-Segunda parte dos trabalhos do colóquio sobre Raul Lino, na Casa dos Penedos e Azenhas do Mar

raul-lino_programa

 

Share Button