“Vista de Sintra”- poema inédito de José Luís Peixoto

Um poema inédito enviado por José Luís Peixoto para publicação no site da Alagamares

VISTA DE SINTRA

Estamos aqui e descobrimos raízes até nos gestos
mais simples, até nas palavras. Somos árvores,
durante o tempo de cada passo.

O céu e a distância têm o mesmo tamanho, sabem
o mesmo mistério. Os telhados recebem essa
lição, trocam-na por nada.

Estamos aqui e sentimos o aroma de amanhã,
chega-nos à pele como bons dias lançados
das janelas.

Neste instante, cabe todo o tempo.
As pedras sorriem.

Podem seguir José Luís Peixoto no link

https://www.joseluispeixotoemviagem.com/

Share Button

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top